Tecnologias modernas na medicina – 9 exemplos do uso da tecnologia na indústria médica

0

Todos os dias, novas start-ups de tech-med são criadas em todo o mundo, cujos criadores apresentam cada vez mais soluções inovadoras baseadas nas mais recentes tecnologias. Como eles estão mudando a face da indústria médica hoje? As tecnologias modernas na medicina realmente ajudam a cuidar melhor dos pacientes? Apresentamos serviços médicos extraordinários baseados em tecnologia.

Como a inteligência artificial, o aprendizado de máquina ou mesmo a realidade virtual são eficazes em quase todos os setores, incl. mais aqui – banca, produção e entretenimento, porque não aplicá-los também na área da medicina?

Tecnologia na medicina – uma revolução tecnológica na indústria médica
Especialistas preveem que nos próximos anos, o setor de saúde e toda a indústria médica enfrentarão mudanças realmente grandes. Isso se deve principalmente às expectativas dos pacientes que, graças ao desenvolvimento da Internet e das tecnologias modernas, estão se tornando cada vez mais exigentes e conscientes de seus direitos.

O que podemos encontrar no último relatório Previsões de Saúde e Ciências da Vida 2020: Um futuro ousado? elaborado pela consultoria Deloitte? Primeiro, as previsões de que a tecnologia moderna terá um enorme impacto na maneira como você a trata. Em menos de um ano, a maioria dos cuidados de saúde serão realizados em casa, e a relação médico-paciente será transferida para o mundo virtual.

Em segundo lugar, estima-se que as vendas de tecnologias médicas cheguem a US$ 513,5 bilhões – nos últimos 5 anos, o percentual de pacientes norte-americanos usando cartões eletrônicos de saúde aumentou de 8 para 16%. Então é hora de dar uma olhada nas soluções tecnológicas que são usadas pela indústria médica hoje.

Tecnologias modernas na medicina
# 1 impressão 3D
Comprimidos hiper-personalizados? É possível graças ao sistema de impressão 3D, uma verdadeira revolução no campo da administração de medicamentos. As pílulas com essa impressão são feitas de um polímero, projetado para criar uma forma de comprimido única, que por sua vez desempenha um papel importante na velocidade de sua liberação no corpo humano.

Para dar aos médicos maior controle sobre o processo que ocorre após a ingestão de uma determinada cápsula, cientistas da Universidade Nacional de Cingapura desenvolveram um software para desenvolver um design de comprimidos sob medida para o paciente. Este design é então alimentado na impressora 3D.

# 2 Aplicativos para smartphones
Sabe-se há muito tempo que as crianças não estão inclinadas a tomar medicamentos – por isso as empresas farmacêuticas estão fazendo o possível para produzir aqueles que parecem doces. Foi assim que o MEYKO foi criado – um dispositivo semelhante a um pequeno brinquedo que pode ser conectado sem fio através de um aplicativo de smartphone com o cronograma de tratamento da criança.

MEYKO lembra o próximo horário de dosagem e também registra qual medicamento foi tomado. E todos os registros médicos são… escritos em um brinquedo mecânico.

# 3 Robótica na medicina
TUG – este é o nome de um robô hospitalar autônomo capaz de fornecer alimentos e remédios aos pacientes. Eles podem se movimentar pelo hospital por conta própria, seguindo uma lista de verificação pré-programada preparada pela equipe do hospital.

Também é possível reprogramá-lo para tarefas novas, mais urgentes ou imprevistas. Durante esse período, médicos e enfermeiros podem se concentrar em tarefas mais exigentes.

# 4 Software
Que tal óculos de natação que exibem seus dados de frequência cardíaca enquanto você se exercita? Anexados ao Goggle FORM, os sensores polares das têmporas do nadador enviam dados para os óculos e depois sincronizam com o aplicativo do usuário. Graças a isso, torna-se possível gerenciar o treinamento, bem como monitorar a reabilitação.