OBJETIVOS PARA O PROFESSOR:

0
  • melhorar a qualidade (avaliação) das atividades blog realizadas em prol da saúde das
  • crianças por aqueles que cuidam delas
  • ajudar as crianças a moldar o comportamento e as atitudes “pró-saúde”
  • fortalecer a fé das crianças em suas próprias habilidades
  • padrões transitórios de “vida saudável”
  • aprender novos métodos de trabalho com crianças
  • melhorar as habilidades educacionais.

O objetivo imediato do programa é ganhar a capacidade de escolher de forma independente comportamentos apropriados para a própria saúde e a saúde de outras pessoas.

Este objetivo pode ser alcançado por:

a) mostrar à criança o valor da saúde como potencial que ela tem à sua disposição
b) aprender a preservar e fortalecer, bem como melhorar a saúde
c) transmitir e consolidar os princípios de um estilo de vida saudável
d) fornecer informações sobre diversos tipos de ameaças à saúde humana, bem como as possibilidades de sua minimização e eliminação
e) desenvolver a capacidade de autocontrole, auto-observação e autocuidado para a saúde e apoiar outras pessoas nesses comportamentos
f) desenvolver a capacidade de resolver os próprios problemas de saúde e os problemas de saúde de outras pessoas de várias maneiras
g) moldar a atitude de responsabilidade pela própria saúde, juntamente com a capacidade de prever os efeitos do próprio comportamento sobre a própria saúde e a saúde de outras pessoas.

O objetivo indireto do programa é melhorar a qualidade das atividades desenvolvidas em benefício da saúde do aluno pelas pessoas que cuidam dele (pais, educadores). Este objetivo pode ser alcançado por:

a) complementando e enriquecendo o conhecimento sobre saúde, seu valor e ameaças à saúde
b) mostrar as possibilidades de apoiar a criança em atividades de promoção da saúde e eliminar as condições que ameaçam essa saúde
c) apresentar as possibilidades de mudanças no ambiente da criança para que este se torne um ambiente mais saudável.

As condições para atingir as metas estabelecidas são:
1. A utilização de vários métodos e formas de trabalho, adaptados às capacidades das crianças, com particular destaque para: jogos e atividades em forma de brincadeira. Além disso, caminhadas, viagens, atividades de autoatendimento, jornada de trabalho, aulas de arte e aulas com uso de obras literárias desempenham um papel importante. Os métodos específicos a ela desempenham um papel importante na educação em saúde: demonstração, palestra e instrução. Devem ser complementados com métodos que permitam às crianças agir livremente.
2. Combinar aulas dedicadas a questões particulares em ciclos e núcleos temáticos.
3. Actividades pedagógicas sistemáticas, utilizando situações naturais da vida quotidiana para moldar atitudes pró-saúde nas crianças.
4. Apresentação pelo professor de hábitos adequados, hábitos e atitudes pró-saúde.
5. Estabelecer cooperação com os pais para acordar os rumos das atividades pedagógicas.
6. Estabelecer cooperação com organizações, associações e instituições de educação em saúde, utilizando telefones de emergência
ajuda imediata à pessoa necessitada, uso de exercícios de relaxamento e relaxamento se necessário, prestando primeiros socorros.